quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Creation Master 15 BETA 1 - Download
Mateus Guedes1:52 PM 0 comentários



Olá amigos, uma ótima noticia aos fans de edições para a serie FIFA.
Há algumas semanas, foi postado em nossa página no facebook que o Rinaldo, o grande mestre em desenvolvimento de ferramentas para FIFA, iria continuar seus "trabalhos" no FIFA 15.
E na última semana, 25-10-14 para ser mais especifico, eles no trouxe a primeira versão do Creation Master 15.

Veja o que ele disse:

CM 15 é aqui.
Oi pessoal! O primeiro beta do CM 15 já está disponível para download na seção "Download".
É a primeira versão beta, que seu uso não é recomendado se você não é um editor especialista.
Por favor, use esta versão apenas se você é um editor especializado e você quer me ajudar a remover os erros e fazer um lançamento oficial. De qualquer forma fazer um back-up de seus arquivos do FIFA antes de começar a edição, pois um erro de CM15 poderia corromper a integridade do seu jogo. Você vai encontrar uma lista de discussão para coletar feedbacks aqui.
Vale lembrar os requisitos mínimos para executar o CM15.
• Ter o jogo completo instalado
• Versão 4 ou superior .NET Framework - Download
• Versão mais recente do DirectX - Verifique
• SlimDX Atualizado - Download

E então, inspirados para as novas edições do FIFA 15?
Comenta aí.
CM 15 - BETA 1 - Download
Caso queira postar em outro site não esqueça de atribuir créditos ao autor. 
Plagiar é crime, Compartilhar é preciso.

sábado, 11 de outubro de 2014

FIFA 15: Campeonatos da Arte Virtual FC, dará R$ 40 Mil em prêmios.
Mateus Guedes4:55 PM 0 comentários


Quer participar dos maiores campeonatos online de FIFA 15, e ter a chance de ganhar 40 mil reais em prêmios?
 
Participe com a galera do Arte Virtual dos maiores campeonatos online do Brasil.
Desde 2007 o clube é parceiro oficial da EA Sports, e organiza torneios online em todas as plataformas: PC, PS3, PS4, ONE e 360!

 
Acesse já o site do Arte Virtual FIFA Clube e cadastre-se para jogar contra os melhores fifeiros do Brasil.
São apenas R$80,00 para jogar todos os campeonatos da temporada! Isso dá R$8,00 por campeonato!
Para verificar todos os torneios da temporada, acesse o site do clube e confira. 
http://www.artevirtualfc.com.br/campeonatos-fifa-15

 
No primeiro torneio já serão distribuídos 3 PS4, 2 ONE, 5 PS Vita e outros prêmios.
Mas corra, porque as inscrições são limitadas e o campeonato já começa no fim de Outubro!
 

Valeu!!

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

FIFA 15: TV Logo Changer V.1.5
Mateus Guedes7:59 PM 0 comentários


Olá pessoal, trago para vocês uma bela ferramenta feita pelo MonkeyDragon um dos maiores criadores de mods e afins para FIFA a muito tempo.
Com esta ferramenta será possível alterar o "logo de TV de transmissão" do seu FIFA 15, você terá diversas opções para escolher.
ATENÇÃO:
1. Funciona somente no FIFA 15 Completo.
2. Leia o arquivo "Read-Me" para saber como instalar.
3. Compatível com a nova versão de atualização 1.2 do FIFA 15

Ao clicar em download, você será direcionado ao FIFA-Infinity, site em inglês.

Caso queira postar em outro site não esqueça de atribuir créditos ao autor. 
Plagiar é crime, Compartilhar é preciso.

FIFA 15: Neymar JR. Face Update
Mateus Guedes7:50 PM 0 comentários


Fala galera, beleza?
Iniciamos nossas postagens com mods para seu FIFA 15, com um update na textura da face do Neymar.
Ficou bem melhor não acham?

Update feito pelo: AmaroWaade

Vimos no FIFA-Infinity

Caso queira postar em outro site não esqueça de atribuir créditos ao autor. 
Plagiar é crime, Compartilhar é preciso.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

"Não sabemos a quem pagar" - Diz Gilliard Lopes sobre os clubes Brasileiros.
Mateus Guedes11:04 AM 0 comentários

Fifa 15 foi apresentado oficialmente no Brasil durante o evento WB Games Summit, que ocorreu na última terça-feira (9), em São Paulo. O game será lançado em 18 idiomas, e chega ao Brasil no dia 9 de outubro. O TechTudo entrevistou o produtor do jogo, Gilliard Lopes, que falou sobre as novidades do game e a polêmica envolvendo o licenciamento de clubes nacionais.

TechTudo: Sobre o problema dos times brasileiros que ficaram de fora do Fifa 15. O que a EA tem feito para tentar reverter esta situação?
Gilliard Lopes: Desde o primeiro dia, quando nós soubemos dessa modificação na interpretação da lei – foi isso que aconteceu, é bom que fique claro para todo mundo: nós tínhamos os direitos de uso dos jogadores que atuam no Brasil até o ano passado, o jogo veio com os 20 times do Campeonato Brasileiro todos licenciados, e neste ano surgiu da parte deles esta nova interpretação da lei, que faz com que nós não tenhamos mais este direito. 
É o único território no mundo inteiro onde surgiu esta dúvida. Em todas as outras ligas do mundo, os jogadores estão associados à FIFPro, a associação dos jogadores profissionais, e é através dela que a gente obtém essa licença de uso dos atletas. Mas no Brasil, infelizmente, por uma decisão de se interpretar isso de maneira diferente, aconteceu isso muito tarde no nosso desenvolvimento, até para que a gente pudesse fazer algo.

A gente está numa situação difícil no momento: a gente quer, mas não sabemos para quem pagar pagar. Não existe uma entidade que detenha os direitos de imagem dos jogadores do Brasil no momento, devido a esta interpretação diferenciada da lei. Isso não é falta de investimento no mercado nacional – até porque a gente vem investindo cada vez mais na participação do Thiago Leifert e do Caio Ribeiro, ampliada este ano, nós criamos um escritórios de testes e localização no Brasil, com uma equipe brasileira só para fazer isso. 
Foi um investimento grande para dar mais qualidade à tradução e à localização. Fora que demos muita atenção para os jogos de PS3 e do Xbox 360, justamente porque a gente sabe que o brasileiro ainda tem uma participação muito grande nessas plataformas. Tudo isso são demonstrações nossas de que o investimento e comprometimento com o mercado brasileiro só aumenta. Essa situação dos jogadores foi totalmente isolada, fora do nosso controle.

TT: Já foi sugerido à EA muitas vezes que isso pudesse ser resolvido com um pacote para download, mas a empresa diz que isso não é o que ela deseja. Por quê?
Não é que a gente não deseja, acho que não cabe falar de atualização enquanto o problema legal não for resolvido. Eu acredito que a liga brasileira tem uma importância tal que, se houvesse um meio para que a gente pudesse fazer essa atualização, a gente com certeza faria. O problema é que a gente não pode nem pensar nisso enquanto a parte legal não estiver resolvida, e por isso a gente não quer criar nenhuma expectativa no fã de que isso vá ou não vá acontecer – a gente não pode afirmar isso. 
A nossa posição é sempre bastante conservadora nesse sentido, para não dar a ninguém a falsa impressão de que recurso A ou B estará no jogo ou está prometido. A gente gosta de anunciar quando o negócio acontece, quando está pronto.
A gente procura falar pouco deste assunto, houve até uma impressão de que a EA seria responsável, mas eu vim aqui para tentar desmistificar um pouco. A gente não fala muito porque não quer apontar dedos, dizer quem foi – nós preferimos resolver o problema. Não queremos estragar as relações de negócios que a gente possa ter no futuro, seja lá com quem vier a representar os jogadores. Falamos pouco para não tornar ainda mais difícil que seja firmado um acordo no futuro.

TT: Seria possível assumir então que, no caso de FIFA15 acabar mesmo sem os jogadores brasileiros, um próximo jogo passaria por esforços para reverter isso?
Absolutamente! Desde o primeiro dia em que aconteceu isso, a gente vem trabalhando para resolver o mais rápido possível, seja para o 15, para o 16, para o que for. Em todas as outras ligas, nós somos o maior game de futebol, com o maior número de licenças e a maior autenticidade. Não tem porquê ser diferente no Brasil. Só acabou diferente por razões que fugiram completamente ao controle da EA, mas vocês podem ter certeza que a gente está trabalhando nisso. 
Desde o primeiro dia, virou o assunto mais prioritário dentro do estúdio, tamanha é a importância desse mercado brasileiro. Muitos produtores, acima de mim inclusive, vinham me consultar, perguntar por que aquilo estava acontecendo. Mesmo para essas pessoas, no topo da cadeia alimentar, isso se tornou uma questão. Existe esse engajamento, existe essa disposição de colocar todos os recursos à disposição – o problema é que a gente não tem nem procedimento para fazer, não é questão de investimento.
O rapper Emicida é o músico brasileiro convidado para integrar a trilha sonora de FIFA neste ano (Foto: Renato Bazan/TechTudo)O rapper Emicida é o músico brasileiro convidado para integrar a trilha sonora de FIFA neste ano (Foto: Renato Bazan/TechTudo)
Jogadores postos de lado, o que podemos esperar dos estádios brasileiros em si? Eles estarão presentes?
Os estádios passam pelo mesmo problema dos clubes: a gente não vê como seria justificável colocar os clubes no jogo se os jogadores não forem reais. Aí você vai no Ultimate Team do seu jogo e, ao invés do Fred entre os jogadores, encontra o Barney? (risos) Não achamos que esta seja uma abordagem no estilo de FIFA, ele é um game de simulação do futebol. 
É a mesma coisa com os estádios. Nós temos direito do uso deles, e também dos clubes – a gente pagou o valor que diz no contrato de licença deles, mesmo não utilizando, porque a decisão de não utilizar foi nossa, dada a falta dos jogadores. Os estádios são a mesma coisa: se você não puder ver o time que joga regularmente naquele estádio, qual é o valor disso? A gente achou que era melhor resolver tudo para trazer de volta quando já estivesse tudo em ordem.
FIFA15 of week (Foto: TechTudo)FIFA15 of week (Foto: TechTudo)
Mas não há chance de os estádios e times aparecerem via DLC?
Existe a chance apenas se a gente achar uma maneira de atualizar o game FIFA15 para conter os jogadores reais. Aí existe a possibilidade de trazer os times e estádios. Mas não se resolvendo este imbróglio a tempo, não faz sentido, por todos os motivos que já disse.
Quando testamos a versão demo do Fifa 15, a Inteligência Artificial dos goleiros ainda apresentava graves falhas no modo como se mexiam. Para a versão final, houve muita mudança?
Ele estão corrigidos. A versão que nós trouxemos para o Warner Bros. Games Summit, inclusive, é a versão final do game. O que falta agora é acertar alguns conteúdos: uniformes que não foram anunciados, as últimas autorizações e transferências europeias. Mas o código em si, e aí se incluem os goleiros, já é o final. O goleiro que a gente está apresentando hoje já está muito polido, muito finalizado, e não está mais apresentando os bugs da E3. 
Howard agarra Fifa 15 (Foto: Divulgação)Fifa 15 (Foto: Divulgação)
É bom que o público saiba que foram dois anos de trabalho para isso, nós jogamos fora todo o código dos goleiros que a gente tinha antes, todas as animações, tudo, e refizemos tudo do zero. Era necessário para que o goleiro tivesse a inteligência, o reflexo e a capacidade de reagir ao novo sistema de mudança da trajetória das bolas e às leis da física. 
Alguma chance de termos um DLC com a Copa América do Chile neste ano?
A gente não está anunciando nenhum outro plano para os torneios continentais, como é o caso da Copa América. Eu diria que nada é impossível, dada a tecnologia que hoje a gente tem – DLCs ou títulos completos, seja lá o que for. Seria até interessante ver como seria a interpretação da EA sobre a Copa América, que é uma coisa que a gente nunca trouxe como produto separado. Mas no momento a gente não está anunciando nada. Eu pessoalmente estou curioso para saber como o Brasil vai se apresentar, mas em termos de games, não estamos anunciando nada no momento.
Renato Bazan
por 
Para o TechTudo

Caso queira postar em outro site não esqueça de atribuir créditos ao autor. 
Plagiar é crime, Compartilhar é preciso.